Ronaldo Rossi

Ronaldo Rossi é chef de cozinha autodidata, professor e consultor na área de gastronomia, cervejeiro, sommelier de cervejas, especialista em harmonizações e desenvolvimento de receitas com cervejas

7 Comments

  1. Júnia Brina Marques
    22 de agosto de 2009 @ 09:21

    Bom dia, Ronaldo! Estou ficando sua maior freguesa, né?
    Uma variação de pavê de amendoim bem fácil (testada e, como as outras que gosto de postar, milenária) é misturar uma lata de leite condensado com 1 1/2 lata de creme de leite (a receita original é com uma lata só, mas acho muito doce e, pra variar, meti minha colher nesta sopa e baguncei tudo!). Misture também 300g de amendoim torrado e moído e faça o pavê com capas de biscoito maizena e creme. Depois é só levar à geladeira e enfeitar com amendoins moídos.
    Não vai ao fogo, não suja quase nada e é a campeã, segundo meu irmão.
    Sempre quis tentar com nozes, mas até hoje…
    Já passei esta receita para os grupos, e as respostas foram favoráveis. Espero que a sua também seja!
    Beijão e até logo mais,
    Júnia

  2. debora koso
    22 de agosto de 2009 @ 19:38

    Ola Rossi qto tempo,estou passeando no Brasil,estou adorando e aprendendo muito,vc sempre me dando muitas ideias que bom viver e aprender continue assim precisamos de vc,bjos!ah adoro suas dicas…..!

  3. neusa maria
    23 de agosto de 2009 @ 01:48

    Rossi, parabéns, suas receitas são nota mil.
    Estou adorando.
    Um abraço
    Neusa

  4. ivone paulo pires
    20 de fevereiro de 2010 @ 10:53

    Sr. Rossi, gosto tanto de pavê de amendoim mas fico implicada com receitas que levam gemas cruas por conta da “salmonela” e acabo não fazendo a sobremesa. Será que tenho razão, ou não há problema? Obrigada. Ivone.

    • Ronaldo Rossi
      20 de fevereiro de 2010 @ 11:02

      Sra. Ivone
      podemos ser menos formais?
      haha
      há o risco sim, é claro que há, mas quantos casos você já viu de perto de salmonela?
      entende o que eu quero dizer? muitas e muitas receitas são feitas por muitas pessoas todos os dias e não é uma coisa que fça tanta parte assim do nosso dia a dia,
      não quero dizer para que não considere a doença, mais uma vez, há sim o risco, mas não tenho a salmonela como algo tão próximo do meu dia a dia
      minha mãe fazia maionese em casa, eu faço as minhas preparações eventuais aqui tb e não sei se por sorte ou seja lá pq nunca tive problemas
      em nível industrial é diferente, cuidamos muito e utilizamos ovos pasteurizados, em pó ou mesmo em embalagens tetra pack, mas isso é uma preocupação industrial
      respondi a sua pergunta?
      não posso incentivar um consumo de ovos crus, mas não vejo tanto problema em uma receitinha de final de semana
      beijão

  5. mary
    20 de setembro de 2010 @ 15:55

    DELICIAAAAAAAAAAA…FIZ E FOI O MAIOR SUCESSO…MEU MARIDO AMOU…BRIGADU…BJO BJO BJO.

    • Ronaldo Rossi
      20 de setembro de 2010 @ 19:18

      oi Mary
      eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
      fico feliz em saber que fez sucesso
      beijão