Ronaldo Rossi

Ronaldo Rossi é chef de cozinha autodidata, professor e consultor na área de gastronomia, cervejeiro, sommelier de cervejas, especialista em harmonizações e desenvolvimento de receitas com cervejas

33 Comments

  1. Carolla
    20 de janeiro de 2011 @ 23:12

    Não me lembro de ter provado churrasco feito na lenha…mas deve ser baum já que a comida feita no fogão a lenha fica uma diliça! rs

    Bjo

    Reply

    • Ronaldo Rossi
      26 de janeiro de 2011 @ 14:13

      oi Carolla
      é um sabor muito diferente, pra quem gosta, que é o meu caso, é maravilhoso
      beijão

      Reply

  2. wilson
    19 de fevereiro de 2011 @ 11:04

    O carvão não tem propridades nocivas em sua queima como a lenha não adequada com cola por exemplo?
    mui grato.

    Reply

    • Ronaldo Rossi
      19 de fevereiro de 2011 @ 15:21

      fala Wilson
      é só usar uma madeira que poderia ser usada como carvão
      boa sorte
      abração

      Reply

  3. Fabio
    23 de abril de 2011 @ 13:54

    Ronaldo, gostaria de saber se o carvão do churrasco logo quando aceso libera algum gás? que tipo de gás? Verddade ou mito

    Reply

    • Ronaldo Rossi
      25 de abril de 2011 @ 07:31

      fala Fabio
      não seriam gazes
      veja, não vou entrar na parte técnica pq além de td eu tb não me recordo exatamente, mas é mais ou menos assim:
      a questão do churrasco não é combustível em que ele é grelhado e sim o quanto ele queimado, a questão de deixar a carne queimar, entende?
      mas olha só um churrasquinho de vez em quando não faz mal pra ninguém
      abração

      Reply

  4. Marcelo
    22 de novembro de 2011 @ 18:38

    Ronaldo…

    Qual é o nome da madeira adequada para substituir o carvão?

    abraços,
    marcelo

    Reply

    • Ronaldo Rossi
      4 de outubro de 2012 @ 14:36

      qualquer uma Marcelo
      o nosso carvão de uma forma geral é feito com eucalipto, pq é um subproduto dos troncos
      então não faz muita diferença
      abração

      Reply

  5. Anselmo Nogueira
    23 de agosto de 2012 @ 17:40

    Churrasco feito com lenha é muito melhor. Quem tiver a oportunidade, experimente a carne assada com guarantã ou champagne, que são madeiras muito comuns no Mato Grosso. Usanto madeira, a fumaça resultante da queima confere um sabor especial, como se fosse um tempero. Usando lenha, não tenha pressa e jamais deixe a labareda tocar a carne.

    Reply

    • Ronaldo Rossi
      7 de setembro de 2012 @ 11:40

      é isso ai Anselmo
      eu tb prefiro
      abração

      Reply

  6. João Luís V. Teixeira
    20 de setembro de 2012 @ 14:41

    De tanto ser fã de churrasco feito com lenha, comecei a comercializar lenha rachada em pequenos pacotes. Recomendo. Realmente, dá outro sabor à carne.

    Reply

    • Ronaldo Rossi
      20 de setembro de 2012 @ 15:04

      é legal mesmo João
      abração

      Reply

    • Ronny
      5 de maio de 2013 @ 19:58

      Vc pode me vender essa lenha rachada?

      Reply

  7. FERNANDO DIAS
    16 de outubro de 2012 @ 15:11

    Nos paulistas não sabemos fazer churrasco, temos muita pressa, não temos paciencia para aguardar a lenha estar em brasas vivas, queremos assar a carne na força das chamas.

    Reply

    • Ronaldo Rossi
      15 de novembro de 2012 @ 14:28

      não podemos generalizar Fernando
      eu comi churrasco ruim em lugar tradicional e comi muita coisa boa em lugares que eu não imaginava
      mas temos pressa pra tudo de uma forma geral mesmo
      hehe

      Reply

  8. FERNANDO DIAS
    16 de outubro de 2012 @ 15:16

    A lenha e extremamente superior ao carvão, basta distribuir bem, manter a grelha em uma boa altura, aguardar um 20 minutos depois de ascender para por a carne, assar com calma, o melhor ingrediente para o bom churrasco é poucos convidados, ter outra atividade para fazer paralelamente ao assar da carne, a lenha é ideal para assar aquela peça de fraudinha, maminha, contra file, costela, picanha, lentamente, fogo baixo, grelha alta, nada de jogar aguinha no fogo, pouca lenha , pedaços grossos, fogo consistente, brasa boa, calma, paciência. Bom apetite.

    Reply

    • Ronaldo Rossi
      15 de novembro de 2012 @ 14:31

      eu tb prefiro, mas como profissional de gastronomia, posso te garantir que algumas vezes sugeri fazer eventos com lenha e o cliente me disse que não gostava e que a carne ficava com gosto de cinzeiro
      gosto é gosto e é igual nariz, cada um tem o seu
      abração

      Reply

  9. Heverton
    4 de maio de 2013 @ 16:23

    Bueno, eu como um mineiro de sangue e gaúcho de coração, acho que vou ser o que mais tenho apreciação por uma carne feita na lenha por aqui. Então, não há comparação, assado com carvão tem gosto de churrasco, com lenha tem gosto de uma carne baguala, das mais campeiras e tradicionais do sul do Brasil. Ai o tempero da fumaça se mistura ao da gordura queimada (que da o cheirinho de churrasco que de longe se sente) e da aquele toque campeiro ao chibo.

    Aqui no RS, é comum o uso de acacia negra, eucalipto e amaricá. Eu particularmente, prefiro o amaricá por ter uma densidade maior, um fogo mais parelho e brasas mais duradouras, nada que tire o merito da acácia e do eucalipto, este ultimo, porem,vira cinza muito rapido, nao sendo muito apreciado por mim.

    Mas enfim, nada melhor que cavar uma vala e destapar um costelão lá pelas 4 horas da manhã para meio dia engraxar o bigode bem na moda gaucha tche…

    Um abraço do tamanho do Rio Grande, um queijo e uma roça de melancia pra turma ai

    Reply

  10. miqueias
    24 de maio de 2014 @ 05:36

    Ronaldo eu posso colocar o carvão junto com a lenha.

    Reply

    • Ronaldo Rossi
      26 de maio de 2014 @ 15:38

      depois de um tempo a lenha queima com o carvão, em brasas
      mas não tem muito o porquê vc fazer isso, a não ser que esteja no final do churrasco e queira trabalhar somente com o carvão
      no mais, não faria sentido a combinação
      boa sorte

      Reply

  11. Sergiomurilo Casas
    16 de agosto de 2014 @ 20:03

    Dizem que carne muito passada absorveu muito alcatrão liberado pela queima do carvão e pode ser cancerígeno Verdade?

    Reply

  12. José Nogueira
    29 de setembro de 2014 @ 17:38

    Eu só faço os meus grelhados com lenha, e dessa lenha faço carvão para misturar junto com nova lenha, não pode haver fumo quando estamos a gralhar, é preciso fazer um bom braseiro dependendo da quantidade de carne ou peixe que vai assar, o lavareda da lenha tem que estar sem fumo e o que estiver assar tem de estar superior a 30 cm da lenha ou do carvão, tudo que estiver queimado faz mal á saúde , quando se está a grelhar deve-se esporadicamente estar a passar o molho a gosto e a virar a carne ou peixe. José Nogueira

    Reply

  13. José Nogueira
    26 de novembro de 2014 @ 19:44

    Eu já faço grelhados á muitos anos e á dois tipos de fogo e dois tipos de grelhados.1ºtodo o peixe que grelha com pele pode ser a lenha desde que seja a uma altura de 30cm e a lavareda não pode queimar o peixe, exemplos Rabos de salmão, sardinha. carapau, Dourada, cavala ect, ect, se o peixe for á posta então queima a lenha e utiliza o carvão da lenha para esse peixe á posta, porque se grelhar peixe á posta com a lavareda da lenha o peixe vai ficar preto do fumo que a lenha larga. A carne como não tem pele o melhor é preparar um braseiro com a lenha e só depois de a lenha estar em carvão a que pode fazer o churrasco, ao grelhar peixe ou carne no carvão utilize sempre uma altura de 30cm isto para que os grelhados sejam feitos lentamente sem queimar os mesmos, nunca encoste o carvão aos grelhados, o carvão ao ser queimado deita oxido de carbono e é muito prejudicial á saúde, não deve comer o peixe queimado ou a carne é a mesma coisa que estar a comer veneno, pois provoca Câncer no estomago.
    Um abraço José Nogueira

    Reply

  14. CÉSAR AUGUSTO PEREIRA
    10 de fevereiro de 2015 @ 09:43

    Ronaldo, gostaria de saber quantos metros cúbicos de lenha necessita para assar 20 costelas inteiras.
    Abraço.

    Reply

  15. jango
    13 de fevereiro de 2015 @ 22:35

    posso usar madeira de cambara ?

    Reply

  16. José Milhomem
    13 de outubro de 2015 @ 15:43

    Moro em uma chacara e tenho sempre q cortar galhos que se quebram ou estao sobre a casa, dai penso em utilizá-los no churrasco. Tenho angico, ipe, aroeira, jatoba, ingá dentre outros.

    Reply

  17. Leela
    2 de agosto de 2016 @ 22:30

    Eu queimei um ar
    Mario e sobrou um braseiro lindo.
    Espetei uma bela picanha e larguei la.
    Ficou uma droga!!! Nao tem gosto de churrasco!
    Ficou uma carne suculenta dentro e tostadinhapor fora!
    A gordura tostou e pingou fazendo labaredas, eu levantei o espeto.
    Depois baixei… So dobrou uma bontade louca de comer churrasco!
    Pecado….
    Um dia eu acerto…

    Reply

    • Ronaldo Rossi
      3 de agosto de 2016 @ 11:14

      oi Lella, eu falei ontem que vou organizar para fazer uns vídeos sobre churrasco, tem muita gente que me fala que gostaria de aprender e melhorar a qualidade do churrasco que faz, fique de olho

      Reply

  18. norberto de oliveira
    12 de agosto de 2016 @ 12:26

    bom dia ronaldo lenha de manga e boa para fazer churrasco

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!