Como cozinhar frutos do mar – lula

lulas

Não dá pra saber qual foi a palavra ou frase, que eu mais ouvi em relação à gastronomia nesses mais de 15 anos, mas se eu fosse fazer uma aposta entre as 5 mais ouvidas uma delas seria: “eu adoro lula, pena que ela fica borrachuda”.
Como eu disse com o camarão, não é possível generalizar com os demais frutos do mar, cada um tem o seu tempo, e cada um reage de uma forma quando submetido ao calor.
O importante da lula é ter certeza de qual será a sua forma de preparo, ela tem dois pontos de cozimento, um é inferior aos 4 minutos de cocção.
Lula à dorê, lula à milanesa, macarrão com frutos do mar, risotto de frutos do mar, macarrão com lulas e essas variações entram nesse tempo de 4 minutos.
Depois da lula limpa, e cortada em anéis ela é colocada diretamente para refogar ou fritar depois de empanada, e os poucos minutos devem de fato ser respeitados.
Se passar desse tempo estipulado ela ficará borrachuda mesmo, mas não quer dizer que não ficará boa. Para prepararmos lulas recheadas ao forno, lulas recheadas cozidas no molho, lula cozida ao vinho e variações chegamos na segunda marcação de tempo, os 40 minutos.
Lembre-se que mesmo que a lula seja feita no forno precisará cozinhar, e para isso precisa de líquido; o procedimento é simples, colocamos o recheio ou os anéis no molho e deixamos o tempo indicado, não importa o tempero.
Outra dica muito bacana é que a lula encolhe muito, se você encher demais metade do seu recheio ficará para fora, deixe uns dois dedos (perto da abertura) sem recheio para que isso não aconteça.
Semana que vem: polvo.

Por Ronaldo Rossi

Leia também:

Como cozinhar frutos do mar – camarão

Share

39 respostas a Como cozinhar frutos do mar – lula

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>